sábado, 2 de janeiro de 2010

Mundo das Infusões - parte 1

Olá,
Com certeza você já deve ter ouvido falar das bebidas infusionadas, certo? Não?
O que dizer de produtos como Absolut Citron, Finlandia Cranberry, Stoly Vanil ou Grey Goose Orange, por exemplo.
Pois essa é a primeira dúvida a respeito de bebidas flavorizadas(aroma e sabor) e infusionadas. A primeira, ocorre em processo industrial e são adicionadas algumas essências, naturais ou não, do ingrediente base escolhido. A segunda ocorre artesanalmente, em pequenas quantidades e essencialmente se trata do contato do ingrediente escolhido com o líquido a ser infusionado.

Porque não dar uma passadinha no dicionário para checar (ao pé da letra) o que significa INFUSÃO?
Novo Dicionário Aurélio da Lingua Portuguesa, 4ª ed - 1. Ato ou efeito de infundir. 2. Operação que consiste em infundir substâncias por tempo variável, a fim de extrair-lhes os princípios solúveis. 3.Maceração farmacêutica.
Dicionário Unesp do Português Contemporâneo - 1. Introdução, injeção. 2. Substância, geralmente vegetal, colocada em líquido para dela extrair o sabor ou propriedades medicinais.

Ok, a partir destas definições, podemos analisar algumas premissas como, relação solução e soluto, tempo variável de infusão, produto inicial e produto final e variáveis de produtos. (Este será o foco do "Parte 2") Podemos então perceber que, se existem todas essas possiilidades de se criar uma bebidas infusionada, devemos crer que é bem provável que não ficaremos contentes com o primeiro teste, porque estamos iniciando essa técnica. Então...é importante ter calma e aprender com os erros.

Vamos analisar o mercado de bebidas infusionadas antes de sair inventando o que já foi inventado.... É verdade que mais da metade das infusões é voltada para as vodkas, porque, pelo fato da sua neutralidade, torna a percepção de um novo sabor mais prática.
No caso de um whisky, deveria haver a harmonização de um ingrediente com as características do whisky, o que não acontece com a vodka. Mas, vamos abrir as mentes, porque não infusão de rum, gim, sake e a tal da cachaça? Ops, cachaça?! Já somos mestres em infusionar(atenção ao verbo) cachaças. Lembra daqueles potes com frutas típicas brasileiras que ficam dentro da bebida, "encorpando" a danada? E a tal da cachaça com cobras??Pois é.
O mercado de bebidas infusionadas já nos trouxe produtos fantásticos e intrigantes como Bakon Vodka e o Sub Rosa Vodka Flavors, com as vodkas infusionadas de açafrão e pimenta jalapeno.
Sabores inusitados para cocktails mais complexos. Acompanhando uma das grandes tendências para esse ano de 2010, DO IT YOURSELF, espero ajudar vocês a criar suas próprias bebidas exclusivas, para desenvolver receitas que só poderão ser apreciadas na casa de vocês ou no bar onde trabalham.
Trarei o tema das infusões em uma série de 4 artigos para podermos aproveitar melhor esse assunto que para mim, será a nova grande experiência deste ano.
Abaixo segue o vídeo de Lance Winters, especialista no assunto. Um abraço.

Um comentário:

Rafael disse...

Super bacana!!!!
É o que venho trazendo ao bar do PJ nos últimos tempos. A exemplo da Bakon Vodka, eu já a produzo no restaurante e uso-a no Bloody Mary que fica único....
A produção dos próprios ingredientes tornará o bartender exclusivo!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...